Congelamento de Temperos

CONGELAMENTO DE TEMPEROS

Congelamento-de-Temperos

 

Já percebeu como deixamos estragar boa parte dos alimentos que compramos?

Uma excelente opção  para amenizar e evitar tanto desperdício é o congelamento. Mas, é preciso congelar da forma certa.

Para iniciar a prática do congelamento é muito importante que você saiba de algumas informações e técnicas corretas.

Logo abaixo você vai aprender a  congelar os principais tipos de temperos. Vamos lá!

Etapas do congelamento: (Válida para todos os alimentos).

  • Separe alimentos de boa qualidade e limpos;
  • Faça os procedimentos necessários para cada tipo de alimento (veja abaixo);
  • Coloque em embalagens adequadas como potes plásticos, vidro ou sacos plásticos próprios para alimentos. Ponha quantidades pequenas, ideais para o consumo de uma refeição e tente retirar o ar. Para isso você pode usar  uma bombinha específica ou um canudo;
  • Identifique com uma etiqueta contendo data de fabricação e data de validade;
  • Coloque no freezer na temperatura adequada, abaixo de 18ºC;
  • Conserve os alimentos congelados numa temperatura de -18ºC por até 3 meses; Nunca re-congele os alimentos.

Temperos:

  • Alho – descascar e colocar os dentes num pote rígido, cobertos com óleo; retirá-los conforme a necessidade, com o auxílio de uma colher.

 

  • Cebola – picada ou cortada em rodelas: proceder como no caso do alho; inteira: tirar a pele e colocar quantas quiser num saco plástico, extraindo o ar; ralar a cebola ainda congelada e guardar as restantes sem esquecer de extrair o ar.

 

  • Salsinha e demais temperos verdes deve ser lavados, secos e guardados num recipiente plástico com tampa e bem compactado; retirar cada porção necessária raspando com uma colher; preencher com um plástico ou papel alumínio o espaço entre o tempero e a tampa antes de guardar a quantidade não utilizada. Obs.: Tempo de conservação do Alho, Cebola e Salsinha é de 6 meses.

Alimentos que não devem ser congelados

Ovo com casca, maionese, chantilly, iogurte, etc

Também não devem ser congeladas as folhas para serem cons

umidas cruas, tais como:  alface, agrião, escarola e rúcula, pois perdem o sabor e a consistência.

No entanto, as folhagens cozidas são ótimas opções para congelar. Caso semelhante é o das frutas. Quando o objetivo for  servi-las ao natural, não devem ser congeladas. Porém,  se o intuito é usá-las para sucos, tortas, doces, entre outras coisas, é totalmente indicado.

Queijos com pouca gordura, iogurtes caseiros, coalhadas, maioneses e cremes à base de amido de milho também não congelam bem.

Descongelamento

Os alimentos devem ser descongelados sempre colocando o alimento no refrigerador. O  microondas também pode ser usado ou,  se preferir,  descongele naturalmente  por no máximo 4 horas. É muito importante usar sempre  a embalagem adequada.

Recomendado para você: Dicas de Culinária

Fonte: cyberdieta e entrefotosebeijos

Gostou? Curta e Compartilhe!! 🙂
(Visited 11 times, 1 visits today)

Comentários