0

A carência dessas 3 vitaminas no seu corpo, pode ser a causa da sua enxaqueca! Saiba mais… e cuide-se!

Causas da enxaqueca e a deficiência de vitaminas estão relacionadas.

causas-da-enxaqueca-1

A enxaqueca é uma doença neurológica caracterizada por crises que costumam ser muito dolorosas. Dependendo da intensidade,  a pessoa pode ficar impossibilitada de realizar as suas atividades no dia a dia.

É interessante observar que,  quando se fala em dores de cabeça, a primeira que vem à mente é a enxaqueca. Mas, você sabia que existem mais de 150 tipos de dores de cabeça? Pois é, pouca gente sabe disso. Entre tantos tipos está a conhecidíssima enxaqueca.

Ela se caracteriza por dor latejante em um  ou nos dois lados da cabeça. As crises agudas costumam ser insuportáveis. 

E, o que ainda gera mais sofrimento,  é que, na fase crítica, a pessoa pode desenvolver sintomas como intolerância aos ruídos, por menor que sejam, intolerância à claridade e também a odores. E não para por aí, a pessoa pode  ainda ser acometida por náusea e vômito.

Outros fatores que contribuem para aumentar e agravar o sofrimento na fase aguda são: esforços mental e físico, movimentos bruscos, ter que falar em voz alta, dentre outros.

Causas da enxaqueca crônica

A  enxaqueca crônica é caracterizada por crises de dores de cabeça que ocorrem por 15 dias ou mais (por mês) durante um período de 3 meses.

Para enquadrar como enxaqueca crônica, é necessário que pelo menos durante 8 dias consecutivos,  os sintomas de enxaqueca estejam presentes.

Segundo a Organização mundial da Saúde, aproximadamente 2% da população global sofre de enxaqueca crônica. Isso  equivale no Brasil  a 4 milhões de pessoas.

Esse tipo de dor de cabeça, ou seja, a enxaqueca crônica, ainda sem cura,  é extremamente debilitante, comprometendo a vida profissional, familiar, pessoal e social da pessoa.

Em muitos casos, a pessoa fica de repouso durante dias e, em outros,  precisa ser hospitalizada para controle da crise.

Mulheres são acometidas 3 vezes mais pela enxaqueca que os homens

mulher-crise-enxaqueca

Vale ressaltar que as mulheres são mais acometidas por enxaqueca do que os homens. Geralmente, a proporção é de 3 a 4 mulheres para cada homem com enxaqueca. 

Essas dores de cabeça são um verdadeiro problema de saúde pública. Nos casos mais graves, as pessoas usam medicamentos prescritos para aliviar a dor e os outros sintomas.

É, querida leitora, você tem muita sorte se não estiver entre os sofredores de enxaqueca.  Mas,  se você fizer parte da estatística, há uma pesquisa  que pode mudar esse triste quadro.

Os cientistas tentaram, por décadas,  descobrir  as causas da enxaqueca.  Alguns acreditavam que era a mudança de clima, especialmente nas áreas de temperatura mais quente. Outros, já associavam  ao  consumo muito alto de açúcar em um período de um a dois dias.

Existem aqueles que postulam  que a alteração dos níveis de serotonina no cérebro, ou uma diminuição,  ou ainda o aumento do fluxo sanguíneo para o cérebro,  também pode ser motivo de enxaqueca. 

Por outro lado, já se sabe que a predisposição genética,  hereditariedade e fatores ambientais podem ser as principais causas de enxaqueca.

Portanto, essas terríveis dores de cabeça podem ser causadas por diversos motivos.

Mas,  os  resultados de uma pesquisa podem ajudá-la reduzir a intensidade dos sintomas e o número de crises de enxaqueca que você sofre. Quer saber como? Continue lendo!

O que é enxaqueca com aura?

pontos-luminosos

A enxaqueca com aura se manifesta por crises de enxaqueca precedidas de sintomas sensitivos ou visuais.

Estes sinais aparecem de cinco minutos a uma hora antes da dor de cabeça propriamente dita começar. Esses sintomas podem permanecer ou desaparecer depois do início da crise.

A aura que acontece com mais frequencia é a visual. Neste caso, o  paciente vê pontos luminosos, imagens distorcidas, flashes, etc.

Existem outros tipos de auras que podem incluir vertigens, formigamento ou dormência, além de  dificuldade para falar.

O número de pessoas que apresentam enxaqueca com aura é bem significativo. Cerca de 20% das pessoas que sofrem com enxaqueca,  apresentam o tipo com aura.

Por que o nome “aura”? 

Este nome refere-se às diversas sensações que você tem alguns minutos antes da dor de cabeça se manifestar. É isso mesmo!

Antes da dor de cabeça intensa chegar, esses sintomas iniciais vem  dar o alarme. A duração da aura é variável. Ás vezes, os sintomas chegam  uns poucos minutos antes, ou mesmo com uma hora de antecedência.

Isso pode variar de pessoa pra pessoa. Mas uma coisa é comum na maioria: depois da aura,  a dor de cabeça costuma ser muito, muito, muito intensa.

Causas da enxaqueca com aura

enxaqueca-com-aura

As causas da enxaqueca clássica e da enxaqueca com aura,  são praticamente as mesmas.

Sabe-se que  tem causas genéticas. A doença existe por uma pré-disposição dos genes, porém,  as crises são motivadas por agentes desencadeadores, chamados de gatilhos.  Dentre eles: consumo de determinados alimentos, deficiência das vitaminas B6, B12 e vitamina D, anticoncepcionais, TPM,  variações hormonais, dentre outros. 

E não para por aí;  outros fatores como  esforços mental e físico, stress, mudanças no padrão de sono e  jejuns por longos períodos,  também,  podem disparar as crises.

É importante lembrar que é isso muito individual.  O que provoca a crise numa pessoa, pode não desencadear em outra. Cada caso é um caso.

A enxaqueca com aura é mais limitante que a versão clássica,  pois a dor da enxaqueca mais os sintomas das auras, pode paralisar a pessoa no que tange às suas atividades diárias.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, a enxaqueca com aura está entre as 20 doenças que mais comprometem a qualidade de vida.

Causas da enxaqueca: Deficiência das vitaminas B6,B12, D

Um estudo mostrou que uma das causas das dores de cabeça,  é a deficiência das vitaminas B6,  B12 e vitamina D no organismo.

Quanto à vitamina D, você não pode se esquecer que a melhor forma de mante-la em quantidade satisfatória no organismo,  é através do banho de sol nos horários apropriados. 

A falta dessas 3 vitaminas aumenta o risco da terrível  enxaqueca  em 300%. Isso mesmo, 300 por cento!

Portanto, é de grande importância verificar se você tem deficiência das  vitaminas mencionadas. Esta pode ser uma das principais causas do seu sofrimento.

Então, amiga leitora, se você costuma sofrer, regulamente, com enxaqueca, é mais do que necessário inserir na sua dieta alimentos que contenham as substancias citadas.

Ao repor essas vitaminas, as crises podem até acontecer, mas segundo os pesquisadores, virão bem mais brandas. E podem até parar completamente.

Para auxiliar você,  aqui vai uma lista com alimentos ricos nessas vitaminas. Bom apetite!

Alimentos ricos em vitaminas B6, B12 e ácido fólico

alimentos-vitamina-B12

vitamina-B6

♦ Ovos

♦ Quiabo

♦ Leguminosas

♦ Beterraba 

♦ Couve

♦ Frutas frescas e secas

♦ Fígado cozido de frango

♦ Bife de fígado bovino

♦ Brócolis

♦ Espinafre cru

♦ Abacate

♦ Banana

♦ Batata assada

♦ Suco de tomate

♦ Peixes

♦ Cereais matinais

Pois bem, com a lista acima, você pode turbinar  a sua saúde e suprir a carência vitamínica.

É importante esclarecer que a deficiência de vitaminas do Complexo B, bem como da vitamina D, além de ser uma das causas da enxaqueca, pode desencadear várias outras doenças. Inclusive doenças graves. 

Portanto, uma alimentação saudável  é fator primordial para uma boa saúde.

Outro detalhe importante, é procurar o seu médico e fazer exames periódicos. Só assim você saberá se apresenta ou não alguma carência vitamínica.

A auto medicação é muito perigosa. Inclusive de suplementos e vitaminas. Somente por meio de exames é possível saber o nível de deficiência e a suplementação adequada.

Pois é, amiga leitora, logo acima você viu a lista de alimentos que vão te fazer muito bem. Entretanto, segundo  o médico americano, especialista em naturopatia, Dr. Weil Andrew,  certos alimentos  podem causar fortes dores de cabeça.

De acordo com ele, muitos destes alimentos contém aditivos como  nitritos, MSG, nitratos e colorantes alimentares. 

A lista logo abaixo são de alimentos  que podem contribuir para o surgimento de  dores  de cabeça e crises de  enxaqueca: Portanto, estes alimentos devem ficar na sua lista suja, combinado?!  Consumir estes alimentos,  nem pensar!

Causas da enxaqueca: Alimentos que podem disparar as suas crises

alimentos-embutidos-1

  • Cafeína
  • Salsichas
  • Embutidos
  • Aspartame (adoçante artificial)
  • Lentilhas
  • Frutas cítricas (principalmente limão, laranja, pêssego e abacaxi)
  • Vinho tinto
  • Citrino
  • Carnes Processadas
  • Frituras
  • Glutamato monossódico (usado em temperos industrializados do tipo Sazon).
  • Chocolate
  • Ameixas vermelhas
  • Figos
  • Ervilhas
  • Queijo amarelos (envelhecidos)
  • Anchovas
  • Molho de soja

Outros fatores que podem desencadear a crise

É importante ressaltar que a enxaqueca pode ser causada pelo consumo dos alimentos listados acima.

Porém, outros fatores como fadiga, dormir pouco,   excesso de preocupação, tensão, dentre outros, também podem contribuir para o desencadeamento da crise.

Além disso, podem ocorrer enxaquecas no caso de inalação de substâncias químicas, tintas, perfumes, etc.

Outro fator que,  indiscutivelmente, contribui para desencadear as crises intensas de enxaqueca é o velho e conhecido stress.

Uma  sugestão para você que sofre, frequentemente, com estas fortes dores, é o seguinte: Anote todos os detalhes importantes como, por exemplo,  a duração da dor, o que você comeu, quais as atividades foram exercidas no dia…  Essas informações podem auxiliar o seu médico  no diagnóstico e detectar um potencial desencadeador.

Dessa forma,  você poderá prevenir as crises de enxaqueca e aliviar  os seus sintomas. Lembre-se: a enxaqueca não tem cura, mas tem controle e tratamento. Ótima saúde pra você! 🙂

Fontes: http://www.enxaquecacronica.com.br
www.healthandhealthyliving.com healthycures.org www.davidwolfe.com

Gostou? Curta e Compartilhe!! 🙂
(Visited 58 times, 1 visits today)

Related Post

Comentários

Divina Albuquerque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *